celular 0800 703 1550
20

Julho

ATENÇÃO ESPECIAL COM SUA SAÚDE NO INVERNO

O inverno chegou com temperaturas extremamente baixas e junto com ele algumas doenças se tornam mais comuns, é o caso da gripe, dor de ouvido, asma, rinite, entre muitas outras. Muitas vezes, devido ao frio, costumamos deixar o ambiente fechado e isso se torna um problema, é preciso arejar e deixar que o sol e o ar evitem que bactérias se proliferem. Trocar constantemente as roupas de cama e não deixar que a poeira se acumule são importantes medidas para aqueles que possuem problemas respiratórios, diminuindo as chances de crises.

Durante o frio, nosso organismo trabalha mais para manter o calor interno do corpo. Logo, quando as terminações nervosas da pele se ressentem com o frio, o nosso metabolismo trabalha para evitar a perda de calor, a fim de proteger o funcionamento dos órgãos vitais internos, fazendo com que as paredes dos vasos sanguíneos que irrigam a pele se contraiam e o coração reage fazendo mais força para bombear o sangue. Todo esse processo faz com que o número de infartos e AVC cresçam, em média, 30% e 20% respectivamente nessa estação do ano.

O inverno é um período de alerta a todos, portanto, devemos evitar a exposição ao frio intenso por longos períodos e o choque térmico das quedas bruscas de temperatura. Alguns grupos devem se preocupar um pouco mais, como idosos, hipertensos, diabéticos, obesos, fumantes e sedentários. Certos cuidados ajudam muito como, beber muito líquido, tomar vacinas para as doenças mais comuns no inverno, evitar banhos com água muito quente, evitar exposição prolongada a ambientes com ar condicionado quente ou frio, dormir em local arejado e umedecido.